Entenda o que seu cachorro pensa?

Seu cachorro tem algo a dizer: descubra o que ele quer comunicar com seus comportamentos.  Você já se perguntou “o que meu cachorro estava pensando?”

Às vezes, os cães fazem coisas que parecem muito estranhas, mas quando você entende melhor, não precisa se perguntar tanto. A seguir, alguns passos rápidos para se comunicar melhor com seus cães e entender o que eles querem dizer com suas ações:

Como acariciar seu cachorro da maneira certa

 Um cachorro percebe o contínuo afago na cabeça como um sinal de dominação, não de afeto. Também não é uma sensação boa. Os cães preferem ser acariciados, especialmente no lado do rosto, sob o queixo ou na frente do peito. Eles também gostam de ter seus traseiros coçados.

 Essas áreas são mais sensíveis e agradáveis para eles, e também transmitem uma mensagem de respeito e carinho. Quando você acaricia seu cachorro nessas partes, você está reforçando o vínculo entre vocês e mostrando que você é um amigo confiável.

Por que seu cachorro raspa o chão depois de fazer suas necessidades

Um cachorro fazendo isso está na verdade se envolvendo em um tipo de comportamento de marcação para anunciar sua presença – o oposto de tentar encobrir a “evidência”. Os cães têm glândulas nas patas que liberam um odor que pode ser detectado por outros cães.

Ao raspar o chão, eles estão espalhando esse cheiro e deixando uma marca visual que diz “eu estive aqui”. Esse comportamento é mais comum em machos, mas também pode ocorrer em fêmeas. É uma forma de demarcar território e comunicar informações sobre si mesmo, como idade, sexo e estado reprodutivo.

Por que seu cachorro come fezes

Este comportamento é comumente exibido por filhotes. É um comportamento típico da espécie. Não há nada de prejudicial nisso para um filhote, que provavelmente vai superar o comportamento até completar um ano de idade. Mas se você achar isso muito objetável, simplesmente negue o acesso.

Existem várias teorias sobre por que os cães comem fezes, mas nenhuma delas é totalmente comprovada. Algumas possibilidades são: imitar a mãe, que limpa as fezes dos filhotes; curiosidade; tédio; fome; deficiência nutricional; problemas digestivos; ou simplesmente porque gostam do sabor.

Por que seu cachorro come grama

Algumas pessoas acreditam que os cães comem grama para se fazerem vomitar quando têm dor de estômago; para se automedicar. Algumas acreditam que os cães simplesmente gostam de comer grama e depois vomitam quando comem demais. Ambas as crenças têm seu lugar.

Diferentes cães têm diferentes padrões de comer grama. Nenhum deles é prejudicial, então não se preocupe se seu cachorro vomitar depois de beliscar a grama. Comer grama pode ser uma forma de complementar a dieta, limpar o intestino, aliviar o estresse ou satisfazer um instinto ancestral.

Por que seu cachorro cheira por muito tempo antes de urinar

Para um cachorro, urinar é um processo de eliminação e uma forma de comunicação. Então, um cachorro tem que tomar conhecimento das várias notificações olfativas deixadas por outros cães antes de deixar uma mensagem própria. Ele pode até querer ter certeza de que nenhum outro filhote urinou antes no lugar que ele está considerando.

Assim, pode levar algum tempo, então seja paciente. Urinar é uma forma de os cães interagirem socialmente e trocarem informações sobre si mesmos e sobre o ambiente. É como se eles estivessem lendo um jornal ou atualizando suas redes sociais.

Por que seu cachorro cheira as partes traseiras de outros cães

Se cheirar fosse ver, os humanos seriam considerados legalmente cegos pelos que estão no mundo canino. Feromônios gerados pelas glândulas ao redor do ânus de um cachorro permitem que outro cachorro saiba a identidade de outro cachorro.

Esses feromônios contêm informações sobre o nome, a idade, o sexo, o estado de saúde, o humor e o status reprodutivo do cachorro. Cheirar as partes traseiras de outros cães é uma forma de cumprimentar, conhecer e reconhecer. É um comportamento natural e educado entre os cães, e não deve ser reprimido.

7 Dicas Simples Sobre comportamento canino

Eu posso tentar ajudá-lo a desenvolver melhor o seu texto, acrescentando mais informações em cada tópico. Aqui estão algumas sugestões de novos títulos e textos para cada um dos sete tópicos sobre problemas de comportamento canino:

  1. Como reduzir os latidos excessivos do seu cão
    Os latidos são uma forma de comunicação dos cães, mas podem se tornar um problema quando são frequentes e incomodam as pessoas. Para reduzir os latidos excessivos do seu cão, você deve identificar a causa do comportamento, que pode ser tédio, ansiedade, medo, excitação ou defesa territorial.
    Em seguida, você deve oferecer ao seu cão formas alternativas de expressar suas necessidades e emoções, como brincadeiras, exercícios, enriquecimento ambiental e socialização. Você também deve ensinar ao seu cão os comandos de latir e silêncio, usando recompensas e elogios quando ele obedecer.
    Evite gritar, bater ou castigar o seu cão por latir, pois isso pode piorar a situação.
  2. Como prevenir e corrigir a mastigação destrutiva do seu cão
    A mastigação é um comportamento natural e saudável para os cães, pois ajuda a limpar os dentes, aliviar o estresse e satisfazer a curiosidade. No entanto, se o seu cão mastigar objetos inadequados, como móveis, sapatos ou roupas, ele pode causar danos materiais e até se machucar.
    Para prevenir e corrigir a mastigação destrutiva do seu cão, você deve fornecer a ele brinquedos adequados para roer, que sejam resistentes, seguros e atraentes. Você também deve supervisionar o seu cão e restringir o acesso dele aos objetos proibidos.
    Se você flagrar o seu cão mastigando algo errado, interrompa-o com um som alto e distraia-o com um brinquedo adequado. Em seguida, elogie-o e recompense-o por mastigar o brinquedo certo.
  3. Como controlar o instinto de escavar do seu cão
    Escavar é um comportamento instintivo dos cães, que pode ter várias motivações, como buscar comida, água, abrigo, diversão ou atenção. Escavar também pode ser um sinal de falta de exercício ou estimulação mental.
    Para controlar o instinto de escavar do seu cão, você deve oferecer a ele atividades que gastem sua energia física e mental, como passeios, jogos e treinos. Você também deve evitar deixar o seu cão sozinho no quintal por muito tempo ou sem supervisão.
    Se escavar for inevitável, você pode designar uma área específica para o seu cão escavar livremente, como uma caixa de areia ou um canteiro de terra. Você deve ensinar ao seu cão a diferença entre os locais permitidos e proibidos para escavar, usando recompensas e correções verbais.
  4. Como evitar que o seu cão persiga coisas em movimento
    O desejo de perseguir coisas em movimento é uma manifestação do instinto predatório dos cães, que pode ser desencadeado por animais, pessoas ou carros. Esse comportamento pode ser perigoso tanto para o cão quanto para o alvo da perseguição.
    Para evitar que o seu cão persiga coisas em movimento, você deve mantê-lo sempre na coleira quando estiver fora de casa ou em locais não cercados. Você também deve treinar o seu cão para obedecer aos comandos de parar, ficar e vir quando chamado.
    Além disso, você deve proporcionar ao seu cão outras formas de satisfazer sua necessidade de caça e movimento, como brinquedos interativos, jogos de busca ou esportes caninos.
  5. Como ensinar o seu cão a não pular nas pessoas
    Um cão que pula nas pessoas pode ser irritante e até perigoso, especialmente se for grande ou pesado. Pular é geralmente um comportamento de busca de atenção ou de saudação efusiva. Para ensinar o seu cão a não pular nas pessoas, você deve ignorá-lo sempre que ele fizer isso, virando-se ou afastando-se dele.
    Você não deve olhar, falar ou tocar no seu cão quando ele pular, pois isso pode ser interpretado como um incentivo. Você deve esperar que ele se acalme e fique com as quatro patas no chão, e então recompensá-lo com atenção, carinho ou petiscos.
    Você também deve ensinar ao seu cão o comando de sentar e usá-lo sempre que for cumprimentá-lo ou apresentá-lo a alguém.
  6. Como evitar que o seu cão morda ou mordisque as pessoas
    Os filhotes mordem e mordiscam as pessoas como forma de explorar o ambiente e aprender seu lugar na matilha. Esse comportamento deve ser corrigido desde cedo, pois pode se tornar um problema na fase adulta.
    Para evitar que o seu cão morda ou mordisque as pessoas, você deve ensiná-lo a controlar a força da mordida, usando um som de dor e interrompendo a brincadeira sempre que ele morder com muita força.
    Você também deve oferecer ao seu cão brinquedos adequados para ele morder, e desviar a atenção dele para esses objetos quando ele tentar morder as pessoas. Além disso, você deve socializar o seu cão com outros cães e pessoas, para que ele aprenda a se comunicar e a se comportar adequadamente.
  7. Como lidar com a agressividade do seu cão
    A agressividade do cão é caracterizada por rosnar, mostrar os dentes, atacar e morder. A agressividade pode ter várias causas, como medo, dor, territorialidade, dominância ou possessividade. A agressividade do cão é um problema sério, que pode colocar em risco a segurança do próprio cão e das pessoas ao seu redor.
    Para lidar com a agressividade do seu cão, você deve consultar o seu veterinário para descartar possíveis problemas de saúde que possam estar afetando o comportamento do seu cão. Você também deve procurar a ajuda de um treinador de cães experiente ou de um especialista em comportamento animal, que possa avaliar o caso do seu cão e indicar as melhores formas de tratamento.
    Você deve evitar situações que possam desencadear a agressividade do seu cão, como confrontos com outros animais ou pessoas desconhecidas. Você também deve usar equipamentos de segurança adequados, como coleira, focinheira ou guia curta, quando for sair com o seu cão.