10 Estratégias Simples Para Tornar Seu Cão +Obediente

1 – Como socializar o seu cão com outras pessoas
Uma das habilidades mais importantes que você pode ensinar ao seu cão é como se relacionar bem com outras pessoas. Um cão socializado é mais confiante, amigável e menos propenso a desenvolver medos ou agressividade.
Para socializar o seu cão, você deve expô-lo a diferentes tipos de pessoas, desde crianças até idosos, de diferentes raças, gêneros e aparências. Você deve fazer isso de forma gradual e positiva, recompensando o seu cão por comportamentos calmos e curiosos. Evite forçar o seu cão a interagir com pessoas que ele não gosta ou que o assustam.
Em vez disso, deixe-o se aproximar no seu próprio ritmo e dê-lhe espaço para se afastar se ele quiser.
2 – Como estimular o seu cão mentalmente e fisicamente
Os cães são animais inteligentes e ativos que precisam de desafios e exercícios para se manterem saudáveis e felizes. Se o seu cão ficar entediado ou sem energia, ele pode desenvolver problemas comportamentais como latir, cavar, mastigar ou fugir.
Para evitar isso, você deve proporcionar ao seu cão oportunidades de explorar novos ambientes e experiências, que podem estimular os seus sentidos e a sua mente. Por exemplo, você pode levá-lo a diferentes parques, trilhas ou praias, onde ele pode ver, cheirar e ouvir coisas novas.
Você também pode brincar com ele com diferentes brinquedos, jogos ou quebra-cabeças, que podem testar a sua inteligência e habilidades. Além disso, você deve garantir que o seu cão tenha uma rotina diária de exercícios físicos adequados à sua idade, raça e saúde.
Você pode caminhar, correr, nadar ou brincar de buscar com ele, dependendo do que ele gosta e pode fazer.
3 – Por que alimentar o seu cão manualmente é uma boa ideia
Uma forma simples e eficaz de melhorar o vínculo entre você e o seu cão é alimentá-lo manualmente. Isso significa dar a ele a sua comida na sua mão ou em um brinquedo interativo, em vez de colocá-la em uma tigela.
Alimentar o seu cão manualmente tem vários benefícios: primeiro, ele aprende a associar as suas mãos com coisas boas, o que pode aumentar a sua confiança e reduzir a sua ansiedade. Segundo, ele aprende a controlar os seus impulsos e a esperar pela sua permissão para comer, o que pode melhorar a sua obediência e prevenir problemas de possessividade ou agressividade com a comida.
Terceiro, ele tem uma experiência mais divertida e satisfatória com a comida, o que pode melhorar o seu apetite e a sua saúde.
4 – Como escolher o melhor ambiente para treinar o seu cão
O ambiente em que você treina o seu cão pode influenciar muito o seu sucesso e o seu progresso. Um bom ambiente de treinamento deve ser seguro, confortável e livre de distrações para o seu cão.
Por isso, é recomendável que você comece o treinamento do seu cão dentro da casa onde ele mora. Lá, ele se sente mais relaxado e familiarizado com os objetos e os sons ao seu redor. Você também pode controlar melhor os estímulos externos que podem desviar a atenção do seu cão, como outros animais, pessoas ou ruídos.
Depois que o seu cão dominar os comandos básicos dentro de casa, você pode gradualmente levá-lo para fora e treiná-lo em diferentes locais e situações. Isso vai ajudá-lo a generalizar o que ele aprendeu e a obedecer em qualquer lugar.
5 – Como ensinar o seu cão passo a passo
Um dos princípios do treinamento canino é dividir as lições em pequenos passos fáceis de seguir. Isso facilita o aprendizado do seu cão e evita que ele fique confuso ou frustrado.
Para ensinar o seu cão passo a passo, você deve primeiro definir o que você quer que ele faça e como você vai recompensá-lo por isso. Em seguida, você deve mostrar ao seu cão o que você espera dele, usando gestos, palavras ou petiscos para guiá-lo. Depois, você deve praticar com ele até que ele execute o comportamento de forma consistente e correta.
Por fim, você deve aumentar gradualmente a dificuldade do exercício, adicionando mais duração, distância ou distração. Lembre-se de sempre elogiar e recompensar o seu cão por cada passo bem-sucedido e de corrigir gentilmente os erros.
6 – Como usar palavras e comandos consistentes com o seu cão
A comunicação é a chave para um bom relacionamento entre você e o seu cão. Para que o seu cão entenda o que você quer dele, você deve usar palavras e comandos claros e consistentes.
Isso significa que você deve escolher uma palavra ou frase específica para cada comportamento que você quer ensinar ao seu cão e usá-la sempre da mesma forma e no mesmo tom de voz. Por exemplo, se você quer que o seu cão sente, você pode usar a palavra “senta” ou “sit” e pronunciá-la com firmeza e alegria.
Você não deve mudar a palavra ou o tom de voz a cada vez que você der o comando, pois isso pode confundir o seu cão e fazer com que ele não responda.
Você também deve evitar usar palavras comuns ou ambíguas, como “não”, “aqui” ou “vem”, pois elas podem ter vários significados para o seu cão.
7 – Qual é a melhor hora para treinar o seu cão
A hora em que você treina o seu cão pode afetar o seu desempenho e a sua motivação. Uma boa hora para treinar o seu cão é antes de cada refeição. Isso porque o seu cão está com fome e vai se interessar mais pelas recompensas alimentares que você oferece.
As recompensas alimentares são uma forma eficiente de ensinar novos comportamentos ao seu cão, pois eles criam uma associação positiva entre o que ele faz e o que ele ganha. Além disso, treinar o seu cão antes de cada refeição pode ajudá-lo a regular o seu apetite e a prevenir problemas de obesidade ou indigestão.
No entanto, você não deve usar apenas recompensas alimentares para treinar o seu cão. Você também deve equilibrar as suas recompensas com elogios e carinhos, para que o seu cão não dependa apenas da comida para obedecer.
Você também deve variar as recompensas que você dá ao seu cão, para mantê-lo surpreso e interessado.
8 – Como oferecer recompensas ao seu cão
As recompensas são uma ferramenta essencial para treinar o seu cão de forma positiva e efetiva. As recompensas podem ser qualquer coisa que o seu cão goste ou valorize, como comida, brinquedos, atenção ou carinho.
O importante é que as recompensas sejam adequadas ao comportamento que você quer reforçar e ao temperamento do seu cão. Para oferecer recompensas ao seu cão, você deve seguir algumas dicas: primeiro, você deve dar a recompensa imediatamente após o seu cão fazer o que você pediu, para que ele saiba exatamente pelo que está sendo recompensado.
Segundo, você deve dar a recompensa de forma entusiasmada e elogiosa, para que o seu cão se sinta orgulhoso e feliz. Terceiro, você deve dar a recompensa de forma aleatória e variada, para que o seu cão não se acostume ou se entedie com ela.
9 – Como repreender e punir o seu cão
A repreensão e a punição são formas negativas de treinar o seu cão, que podem causar mais mal do que bem. A repreensão é quando você usa uma voz severa ou um som desagradável para mostrar ao seu cão que ele fez algo errado.
A punição é quando você usa uma correção físicaou uma ação dolorosa ou assustadora para fazer o seu cão parar de fazer algo. Ambas as formas podem ter efeitos negativos no seu cão, como medo, estresse, ansiedade, agressividade ou desconfiança. Por isso, é melhor evitar repreender ou punir o seu cão e usar métodos mais positivos e humanos para corrigir os seus comportamentos indesejados.
Algumas alternativas são: ignorar o seu cão quando ele fizer algo errado, interromper o seu cão com um som neutro ou um comando, redirecionar o seu cão para uma atividade mais adequada ou recompensar o seu cão quando ele fizer algo certo.
10 – Como planejar as sessões de treinamento do seu cão
As sessões de treinamento são momentos especiais que você dedica para ensinar novas habilidades ou reforçar as existentes ao seu cão. Para que as sessões de treinamento sejam eficientes e divertidas, você deve planejá-las com antecedência e seguir algumas orientações:
Primeiro, você deve escolher um horário e um local adequados para treinar o seu cão, levando em conta as suas necessidades e preferências.
Segundo, você deve definir um objetivo claro e realista para cada sessão de treinamento, focando em um comportamento específico que você quer ensinar ou melhorar. Terceiro, você deve preparar os materiais necessários para o treinamento, como recompensas, brinquedos, coleira ou clicker.
Quarto, você deve treinar o seu cão em sessões curtas e frequentes, de no máximo dez minutos cada uma, para evitar que ele se canse ou se distraia. Quinto, você deve terminar cada sessão de treinamento com uma nota positiva, elogiando e recompensando o seu cão pelo seu esforço e progresso.